FEBRE TIFOIDE

FAIXA ETÁRIA RECOMENDADA NA BULA
A partir dos 2 anos de idade
COMPOSIÇÃO
Cada dose de 0,5mL da vacina contém: Polissacarídeo capsular Vi purificado de Salmonella typhi (cepa Ty2)0,025mg Fenol = 1,250mg Cloreto de sódio .4,150mg Fosfato dissódico di-hidratado 0,065mg Fosfato monossódico di-hidratado 0,023mg Água para injetáveis .q.s. 0,5mL Matérias-primas derivadas de caseína são usadas no início da fabricação durante o processo de fermentação.

EVENTOS ADVERSOS MAIS COMUNS
Dor no local da injeção. Dor, fadiga e dor de cabeça de leve intensidade e que se resolvem espontaneamente em 1 a 3 dias.

CONTRAINDICAÇÃO
Indivíduos com hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da vacina. A administração da vacina febre tifoide (polissacarídica) durante a gravidez não é recomendada. Entretanto a vacina pode ser administrada a mulheres grávidas somente se realmente necessário, e após uma avaliação dos riscos e benefícios. Não há estudos sobre efeitos da administração da vacina durante a amamentação. Portanto, não se recomenda a aplicação da vacina febre tifoide durante a amamentação.

VIA DE APLICAÇÃO
Intramuscular

PEDIDO MÉDICO
Necessita de pedido médico

INDICAÇÃO
Prevenção da febre tifoide em adultos e crianças a partir de 2 anos completos de idade. A vacina é indicada especialmente para pessoas que viajam para áreas com risco de contrair febre tifoide, migrantes, pessoas da área de saúde e militares.

FABRICANTE
SANOFI PASTEUR

NECESSITA AGENDAMENTO
Sob Demanda Ou Agendamento

NOME COMERCIAL
Typhim Vi

ESQUEMA VACINAL
Uma dose. Em caso de manutenção ou nova exposição ao risco, recomendam-se reforços a cada 3 anos.

ORIENTAÇÕES GERAIS
Vacinas são produtos elaborados a partir de microrganismos ou porções desses microrganismos que, quando administrados, levam ao desenvolvimento de uma resposta do sistema de defesa que protegerá a pessoa vacinada se ela entrar em contato com o microrganismo que causa a infecção. Existem tipos de vacinas sendo elas: Vivas atenuadas: são aquelas desenvolvidas a partir da atenuação de um vírus ou bactéria em laboratório. Esses produtos são administrados e ocorre uma resposta imunológica com nenhum ou muito baixo risco de desenvolvimento de doença quando comparado ao microrganismo causador da infecção. Inativadas: são as vacinas desenvolvidas a partir de partes ou produtos dos microrganismos. Nesses casos, não é possível ocorrer infecção a partir da vacinação.

é ssl:1